domingo, 25 de julho de 2010

Na Forma da Lei

Este blog tem o costume de comentar sobre séries que são exibidas e produzidas na TV norte-americana. No entanto, devo abrir uma exceção dessa vez para comentar uma série digna de aplausos, e que dessa vez é produzida e exibida aqui mesmo. Estou falando sobre a série global “Na forma da lei”.
*
A história, para quem não conhece, gira em torno de um grupo de pessoas que se unem a fim de vingar a morte de um amigo, assassinado brutalmente pelo filho de um poderoso senador de Brasília. A premissa da história já é bastante promissora, e o que vemos na telinha é, na melhor das definições, acima da média.
*
Num jogo de gato e rato, em que a cada episódio os justiceiros parecem estar prestes a pôr as mãos em Maurício Viegas, este lhes escapa por entre os dedos, finalmente percebe-se certa coragem da TV brasileira em exibir cenas fortes, como a tortura sofrida pelo personagem de Kadu Moliterno no episódio da semana passada que culmina numa execução com um tiro na cabeça, numa cena chocante, tanto pelo desenrolar da história, como pelo fato de que esse tipo de cena ser raro de se ver na TV aberta.
*
Claro que nem tudo é perfeito; Luana Piovani definitivamente não convence como uma delegada linha-dura, e o texto por vezes deixa a desejar, como nos diálogos entre Luís Melo e Márcio Garcia, onde os dois atores parecem competir para ver quem faz a melhor cara de mau. Há que se destacar também a falta de aproveitamento de personagens que poderiam ter uma participação melhor, como Carolina Ferraz, Monique Alfradique, Paulo José e Ewa Wilma. Além disso, a qualidade da produção está a anos-luz de alcançar as produções norte-americanas, mas já se percebe que as emissoras brasileiras estão começando a investir melhor no formato seriado, visto que é um produto de duração indefinida.
*

Por: "LP"

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

qual a sua opinião sobre esse assunto ? comente.

Séries no Youtube

Loading...