quarta-feira, 12 de maio de 2010

Glee: Laryngitis

Comentários do episódio 1x18 de Glee, exibido em 11/05 na TV americana.
*
*
Quando eu digo que Glee tem potencial para nos apresentar episódios em alto nível, e chego até a criticar severamente a série, é porque às vezes eu sinto falta de um episódio como esse “Laryngitis”, de longe o melhor que a série apresentou até agora. E tem um simples motivo: todos tiveram destaque. Nada de overdose de Rachel, todos cantaram seus solos e tiveram histórias desenvolvidas. Simples assim.
*
Primeiro: Puck apareceu. Deram uma história bem cool pro personagem, que anteriormente se limitava a coadjuvar as histórias de Finn e Quin. Ele tentando conquistar a garota mais popular do colégio que (pasmem!), era a Mercedes, pra recuperar a sua popularidade foi muito engraçada. Melhor ainda foi o improvável duelo entre Mercedes e Santana, ri alto vendo as duas.
*
Segundo: muito bem construída por roteiristas e atores, o desenvolvimento da história de Kurt e seu pai foi lindamente mostrado. Ser a pessoa que você é foi o grande lema do episódio e o Kurt tentando bancar o machão e tendo um caso com a Brittany (!) para depois abraçar o pai chorando foi um ponto alto não só do episódio, mas da temporada toda. Uma coisa que eu gosto muito em Glee, é o fato de o relacionamento entre pais e filhos ser REAL, e não como vemos muitas vezes por aí, com filhos gritando pros pais coisas que sabemos que eles não diriam nem baixinho, quanto mais em voz alta. Os pais não se rendem aos caprichos dos filhos, mas são pais de verdade, como o meu e o seu.
*
*
Terceiro: Rachel me comoveu pela primeira vez na história. Começando com o castigo super bem-merecido da perda da voz justamente quando ela tentava jogar na cara de todos que era a melhor cantora do clube. E o Finn (que já esqueceu tudo o que aconteceu no episódio anterior, diga-se de passagem) resolve levá-la pra ver um garoto tetraplégico (by Luciana da novela). Confesso que nessa hora eu pensei “oh meu Deus, tô vendo a novela das oito, vai começar uma sucessão cafona de clichês que vai me fazer esquecer tudo de bom que teve nesse episódio”, mas a cena foi tão bem escrita, sem cair na pieguice, que até me comovi com a história e fiquei feliz quando Rachel recuperou a voz. Eba!
*
Sue Sylvester teve apenas uma cena no episódio todo, mas eu gostei. Virei fã de Jane Lynch.
*
Aquela chata que apareceu do nada no episódio anterior também sumiu do nada nesse. Espero que não volte. Jesse não apareceu no episódio. Também não fez falta.
*
Por: “LP”

Artigos Relacionados

6 comentários:

Daniel Lima disse...

Eu não conheço a série, mas irei pesquisar.
T+

http://comdestaque.blogspot.com/2010/05/oitava-edicao-da-revista-rock-meeting_02.html

--

www.sarau2eteres.blogspot.com

12 de maio de 2010 19:41
Fabiano disse...

parece que você é fã da série assim como eu. por isso vou adquirir a primeira temporada.
glee é na atualidade uma das melhores séries da tv americana.

retribuindo visita e comentário.

http://blog-do-faibis.blogspot.com/

12 de maio de 2010 19:44
Lúcio disse...

Não conheço essa série não,rs
Gostei do blog,abç!

12 de maio de 2010 19:46
Warleson Ferreira disse...

Eu até hoje espero os episódios que um "amigo" disse que iria me passar. Muito ansioso memso para ver os episódios. Quem sabe um dia ele lembre-se e passe-me. Belo Blog. ;D

13 de maio de 2010 21:28
Italo de Almeida disse...

só tenha fé amigo, só isso. :3

13 de maio de 2010 21:32
Yanka Vaz disse...

Oi amr, meu blog vai ser reinaugurado amanhã (domingo 23). Passa lá na nossa reinauguração tá cheia de novidade e coisa legal. Espero você lá ;).
http://yankavaz.blogspot.com/

22 de maio de 2010 04:12

Postar um comentário

qual a sua opinião sobre esse assunto ? comente.

Séries no Youtube

Loading...