sexta-feira, 30 de abril de 2010

Glee: Home

Comentários do episódio 1x16 de Glee, exibido em 27/04 na TV americana.

Sempre disse que Glee é uma série para assistir descompromissadamente, sem esperar textos primorosos ou histórias complexas e inteligentes. No entanto, o episódio dessa semana de Glee, superou qualquer expectativa que eu jamais tive sobre a série.
*
Inesperadamente, Glee nos brindou com uma história tão envolvente quanto emocionante, em que, apesar de os personagens apresentarem conflitos diferentes, descobrimos ao final, que todos eles buscavam apenas um lar, como o próprio nome do episódio sugere.
*
Não vou dizer aqui que as histórias dos personagens são originais, porque sabemos que não são. Mas às vezes, um clichê, quando bem escrito e contextualizado, pode transformar uma história que já foi contada várias e várias e várias vezes em outras séries e filmes continuar a ser interessante, simplesmente porque nos importamos com os personagens.
*
Nós sempre vimos como a Mercedes era segura de si própria, e isso se via inclusive nas músicas que cantava. No entanto, como qualquer outra adolescente, ela sempre quis ser aceita pelos demais, e quando isso veio através da oportunidade de ser uma Cherio, ela viu a possibilidade de perder aquilo pelo qual lutou quando Sue Sylvester a colocou na parede para perder peso. E todo o drama da personagem foi lindamente contado até o momento da conversa com a Quin, para culminar naquela maravilhosa interpretação de Beautiful.
*
Vimos a dor de Kurt, que viu seu plano de morar com Finn se voltar contra ele próprio quando viu a alegria de seu pai ao ter o filho que sempre quis. E a dor do próprio Finn, que finalmente tirou aquela cara de retardado que lhe é peculiar, tendo que aceitar a continuidade da vida de sua mãe sem a presença do pai verdadeiro. Quem não ficou emocionado ao ver a conversa de Finn com sua mãe? Vimos a dor de April, que continua solitária, mesmo tendo várias pessoas ao redor, e compensa essa solidão na base do alcoolismo.
*
Incrivelmente esse episódio não apresentou os números musicais mais inspirados, como vimos em outras oportunidades. O drama dos personagens segurou o episódio sem precisar de enrolações. Disse há algumas semanas que gostaria de ver um pouco mais de Kurt e Mercedes, e fico feliz que isso tenha acontecido. É estranho que num episódio tão bom como esse a Rachel tenha ficado apagada. É bom que isso tenha acontecido, pois ultimamente vimos uma overdose de Rachel que acabou desgastando um pouco a personagem.
*
Pode até ser que na próxima semana, Glee venha com um episódio como os anteriores: legalzinho, mas nada genial. Mas, quer saber? Não me importo. Se, de vez em quando, exibirem um episódio com a profundidade e beleza que esse teve, já fico feliz. É muito bom quando a gente se surpreende assim com uma série.
*
Por: “LP”

Artigos Relacionados

1 comentários:

Lyene disse...

Que engraçado, de todos os episódios esse eu achei o mais clichê de todos. Na verdade, o fato de a Mercedes vir seguindo como segura de si, isso quebrava totalmente o esperado. E agora nos muda totalmente para a perspectiva com a qual estamos acostumados.

E estou parcialmente de acordo quando você diz que não devemos esperar nada grandioso de Glee, eu sim esperava mais, visto que o criador Ryan Murphy é o mesmo de Nip/Tuck e essa foi a melhor série de todos os tempos. Murphy ainda assina outros excelentes trabalhos. Creio que para ele, fazer uma serie para o público juvenil é um desafio, visto que ele não pode explorar nem 2% d que fez com Nip/Tuck. Todavia, por respeito a seu nome, eu ainda espero mais da série, ainda que seja para jovens XD

E de musical, pobre, não em quantidade, mas em qualidade. Nos episodios anteriores, Murphy veio dando nova roupagem a muitos e muitos clássicos da música norte-americana/inglesa em diversos gêneros (country, pop, rock, folk) , o que é um resgate maravilhoso, e faz com que a audiência seja mais diversificada, e não se torne um high school music XD, e nesse ficamos somente com "fire".

Bom,já falei demais XD, mas é só uma opinião, claro. E em relação ao blog, super legal, voltarei aqui para ver mais comentários sobre Glee =D

1 de maio de 2010 11:05

Postar um comentário

qual a sua opinião sobre esse assunto ? comente.

Séries no Youtube

Loading...